A Fatec /

Cursos

.

Automação Industrial

DESCRIÇÂO

A automação é uma tecnologia que utiliza sistemas mecânicos, eletrônicos e computadorizados para a operação e controle da produção industrial. Por isso, física, eletricidade e cálculo são disciplinas fundamentais para o curso, assim como eletrônica analógica e digital. O aluno vai aprender a programar máquinas e microcontroladores, que são microprocessadores especializados para automação e controle de processos industriais. Estuda também o funcionamento de máquinas elétricas e das instalações elétricas industriais, além da aplicação dos conhecimentos de robótica e robôs para automatizar e otimizar a produção. A automação permite aumentar a eficiência e a produtividade, melhorando a competitividade. Os cursos Automação Industrial e Mecatrônica Industrial têm semelhanças. No entanto, enquanto Mecatrônica Industrial dá mais ênfase à mecânica, Automação Industrial tem foco na eletrônica.

Atuação

É responsável por definir e desenvolver soluções sem a interferência humana – ou seja, com uso de máquinas. Realiza automações nos mais variados sistemas industriais, desde um simples equipamento até a automatização de toda planta fabril. O tecnólogo vai determinar, por exemplo, se é necessário utilizar uma esteira para transportar produtos de um ponto a outro da fábrica ou um braço mecânico para realizar tarefas de precisão. O profissional trabalha para a modernização dos processos, planejando e supervisionando a instalação de equipamentos de automação e sua manutenção. Pode atuar também na programação de máquinas.

Onde Trabalhar

Indústrias de todos os setores, como metalúrgicas, automobilísticas, petroquímicas, siderúrgicas, farmacêuticas, cosméticas, alimentícias, de mineração e de geração de energia. Pode atuar também em instituições de ensino e pesquisa. Como empreendedor, o tecnólogo pode abrir sua própria consultoria, por exemplo.

Coordenador: Prof. Dr. Tiago Aparecido Vicentin

 

e-mail: tiago.vicentin@fatec.sp.gov.br

 

 

Horário Projeto Pedagógico

Banco de Dados

Descrição

O raciocínio lógico é uma das habilidades mais necessárias ao aluno que quer cursar Banco de Dados. Matemática está presente na maioria das disciplinas específicas da graduação tecnológica. Outros assuntos abordados são programação de computadores, arquitetura e gerenciamento de sistemas, sistemas operacionais, além de administração, estatística e inglês.

Atuação

A base de dados é considerada o coração de uma empresa. E o tecnólogo é quem projeta e administra esse complexo arquivo que armazena e organiza informações digitais. Isso inclui desde o cuidado com o conjunto de máquinas, como os servidores, até a configuração dos softwares de gerenciamento de dados e informações. O tecnólogo também é responsável por testar, avaliar e monitorar o funcionamento do banco de dados, avaliando a taxa de velocidade da troca de informação, por exemplo. O administrador de banco de dados está entre os profissionais mais bem remunerados da área de Tecnologia da Informação. É importante ressaltar que, geralmente, é exigido desse profissional uma disponibilidade 24 horas pelo celular.

Onde Trabalhar

Empresas públicas e privadas, instituições financeiras, consultorias, indústrias e empresas especializadas em Tecnologia da Informação.

 

COORDENADORA: PROF.ª DR.ª PATRICIA BELLIN RIBEIRO

e-mail: patricia.ribeiro5@fatec.sp.gov.br

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Horário Projeto Pedagógico

Gestão Empresarial (EaD)

Descrição

O tecnólogo desta área elabora e implementa planos de negócios, utilizando métodos e técnicas de gestão na formação e organização empresarial especificamente nos processos de comercialização, suprimento, armazenamento, movimentação de materiais e no gerenciamento de recursos financeiros e humanos. A habilidade para lidar com pessoas, a capacidade de comunicação, o trabalho em equipe, liderança, negociação, busca de informações, tomada de decisão em contextos econômicos, políticos, culturais e sociais distintos são requisitos importantes a esse profissional.

Onde Trabalhar

Em negócio próprio (consultoria, turismo, comércio, indústria etc.); médias e pequenas empresas; setor público e em entidades particulares, tais como cooperativas e associações.

 

 

Orientador de Polo: Prof. Dr. Antonio Tadeu Pellison

e-mail: antonio.pellison@fatec.sp.gov.br

Gestão Hospitalar

Descrição

O Gestor Hospitalar é um profissional capaz de gerenciar de forma eficiente a complexidade das atividades das instituições de saúde, adquirindo autonomia no processo de aquisição e disseminação do conhecimento para ser um agente multiplicador apto a resolver questões internas e externas da organização e suas relações humanas, sociais e tecnológicas, além de contribuir para a inovação e melhoria de processos gerenciais, ao antecipar problemas, resolvê-los e, assim, poder minimizar custos e maximizar benefícios para instituições de saúde, dentro de perspectivas ética e sustentáveis.

Atuação

Pode atuar na área administrativa de hospitais, clínicas, policlínicas, centros de saúde, ambulatórios, laboratórios, consultórios e demais instituições de saúde públicas e privadas, empresas seguradoras e de medicina de grupo, além de ser empreendedor e gerenciar seu próprio negócio, como empresas que prestam consultoria na área da saúde.

Onde Trabalhar

Presente em praticamente todos os setores da saúde, o tecnólogo em Gestão Hospitalar pode atuar em empresas públicas ou privadas, consultorias, terceiro setor, empresas especializadas em Gerenciamento e Tecnologia da Saúde.

 

Coordenador: Prof. Me. Luiz Roberto Madureira Iório

e-mail: luiz.iorio01@fatec.sp.gov.br

Horário Projeto Pedagógico

Redes de Computadores

Descrição

Ao longo do curso, o aluno vai estudar matemática (em especial raciocínio lógico), estatística e física (eletricidade, principalmente). O estudo de linguagem de programação é menos aprofundado em comparação a outras carreiras de Tecnologia da Informação. O idioma inglês está presente em todos os semestres.

Atuação

Sua atuação é focada na infraestrutura de tecnologia de informação. O tecnólogo elabora, implanta e gerencia projetos para a utilização de computadores em rede. O profissional determina a quantidade de computadores para uma empresa e quanto de memória os servidores vão precisar. Define e implementa o projeto de cabeamento estruturado da empresa, define a posição dos computadores no ambiente de trabalho e cuida da organização e da instalação dos equipamentos. Estabelece ainda o sistema de armazenamento de dados (físico, em discos, e virtual, em nuvem, acessado via internet). Além disso, oferece suporte ao usuário por telefone e pessoalmente para verificar e solucionar problemas. A maior parte das empresas precisa de um profissional – contratado internamente ou terceirizado – que seja responsável por planejar a rede de máquinas e, depois, realizar o suporte. Como o tecnólogo trabalha diretamente com o usuário, é importantíssimo que tenha habilidade para atender o público.

Onde Trabalhar

Grandes empresas, instituições financeiras e consultorias são os principais empregadores. Também pode atuar como autônomo e abrir empresa própria.

 

 

Coordenador: Prof. Dr. Claudines Taveira Torres

e-mail: claudines.torres@fatec.sp.gov.br

Horário Projeto Pedagógico

Sistemas Biomédicos

Descrição

Estrutura e funcionamento de equipamentos médico-hospitalares – que envolve, por exemplo, química, física, mecânica, eletroeletrônica, tecnologias de fabricação e de materiais, instrumentação biomédica, análise de equipamentos médico-hospitalares e manutenção de sistemas biomédicos – e disciplinas da área biológica, como biologia celular, fisiologia, anatomia, microbiologia, fisiologia e imunologia.

Atuação

Planeja, implanta, gerencia e mantém equipamentos clínicos e médico-hospitalares, como respirador artificial, monitores, desfibrilador etc. O tecnólogo é responsável, por exemplo, por checar os equipamentos que serão utilizados durante um procedimento médico. Também pode compor a equipe que atuará durante uma cirurgia. Supervisiona e coordena equipes de manutenção. Assessora a aquisição de equipamentos, orientando quanto às especificações técnicas; executa a instalação e fornece treinamento para os usuários dos aparelhos. Nos fabricantes dos equipamentos médico-hospitalares, está apto para atuar na elaboração de projetos de produtos e na assistência técnica. Pode trabalhar ainda como vendedor técnico. A área de equipamentos médicos é ampla no Brasil, com poucos profissionais e mercado de trabalho promissor.

Onde Trabalhar

Hospitais, clínicas, laboratórios, fabricantes e distribuidoras de equipamentos hospitalares e órgãos públicos. É possível abrir um negócio próprio, como uma empresa para revenda ou manutenção de equipamentos.

 

 

Coordenadora: Prof.ª Me. Michele Cristina Batiston

e-mail: michele.batiston@fatec.sp.gov.br

Horário Projeto Pedagógico