AS NOVAS TECNOLOGIAS PARA EDUCANDOS CEGOS:UM ENSINO GEOGRÁFICO.

Jaqueline Machado Vieira

Resumo


Este artigo é parte da pesquisa de mestrado intitulada ‘‘Para ver os mapas com palavras: audiodescrição como recurso pedagógico no ensino de geografia para a inclusão de pessoas com deficiência visual’’ defendida pela a autora no programa de pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O objetivo do artigo é abordar a relação entre o processo de ensino-aprendizagem de geografia e os recursos de acessibilidade comunicacional das Tecnologias Assistivas em Audiodescrição (AD), a fim de promover uma inclusão educacional para as pessoas com deficiência visual (PDVs). A metodologia do trabalho consiste em uma abordagem teórica, como parte da pesquisa tradicional, e a pesquisa experimental, que tem como características a criação de um objeto, que em nosso caso será um material didático visando a Educação Inclusiva de PDVs por meio das Tecnologias de Inclusão e Comunicação (TICs).  Trazemos para o artigo as etapas da construção de um material didático com acessibilidade em audiodescrição. Ao falarmos das Tecnologias Assistivas em AD, vemos que ela tem por finalidade transformar informação visual em informação sonora e, portanto, iremos debater as possibilidades de como os professores podem trabalha-la com seus educandos com deficiência visual em sala de aula utilizando imagens que possam ser transformadas em palavras tanto por professores, como por educandos. Entendemos que esta pesquisa irá contribuir no desenvolvimento de novas práticas educacionais pautadas em metodologias de ensino-aprendizagem de geografia com os recursos tecnológicos em AD para as pessoas com deficiência visual.


Palavras-chave


Tecnologias em Audiodescrição, Material Didático e Deficiência Visual.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2238-3948

Faculdade de Tecnologia de Bauru