Sistema Prisional E Serviço Social: Cotidiano, Desafios E Limitações Do Profissional Assistente Social No Sistema Prisional

Silvia Cardoso Alves

Resumo


O presente artigo foi elaborado a partir das observações realizadas durante a experiência vivenciada nos períodos I e II, do estagio supervisionado realizado  em  uma unidade prisional do Estado de Sergipe. Do qual, tem como   objetivo  propor e proferir algumas considerações sobre a prática profissional do Assistente Social junto ao sistema prisional, assim como seus desafios e limitações, e avaliar as dificuldades encontradas pelo serviço social no que se refere a autonomia em exercer suas funções no contexto da instituição prisional. Como metodologias utilizadas, o artigo partiu de estudos realizados a partir de  pesquisa bibliográfica,  pesquisa de campo e  observação direta. Isto posto, este artigo apresenta como resultado,  uma conscientização acerca da realidade vivida cotidianamente pelo profissional  Assistente Social, refletindo desta forma, sobre as relações sociais que se desenvolvem no sistema prisional. Como resultado, foi possível compreender que embora a realidade vivida nas unidades prisionais em que visivelmente  há falência e desestruturação do sistema prisional, é fortalecida a perspectiva de que há uma prática profissional capaz de impulsionar o resgate da cidadania entre os  encarcerados e seus familiares.

PALAVRAS-CHAVE: Sistema Prisional. Cidadania. Serviço Social.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2238-3948

Faculdade de Tecnologia de Bauru