A Angústia De Gerda (A Mansão Hollow)

Jean Pierre Chauvin

Resumo


Neste ensaio discutem-se três elementos relativos à obra A Mansão Hollow (The Hollow, 1946), de Agatha Christie (1890-1976): o retrato das personagens, a progressão do enredo e o título dado à versão brasileira do romance. Para isso, recorre-se a contribuições da narratologia, da psicologia social e da psicanálise.


Palavras-chave


Agatha Christie; Personagens; Psicologia Social

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2238-3948

Faculdade de Tecnologia de Bauru