COMENTÁRIOS DE POSTAGENS ONLINE: OS ÍNDICES DE CRENÇAS E EMOÇÕES REPRESENTACIONAIS DE INTERNAUTAS E O REFORÇO AO DISCURSO HEGEMÔNICO NAS PRÁTICAS SOCIAIS DE LINGUAGEM

Ana Márcia Ruas de Aquino

Resumo


O presente estudo busca estabelecer um diálogo entre discurso, mídias e poder, colocando em evidência o discurso do ciberespaço, com o objetivo de problematizar de que maneira os comentários de postagens vêm contribuindo para que se reforcem práticas sociais de linguagem que trazem índices de crenças e de emoções representacionais de internautas, reproduzindo um discurso hegemônico que promove a normalização e banalização da violência contra as minorias silenciadas. Como aporte teórico para esta investigação, foram utilizados textos de Charaudeau (2007; 2015) sobre racionalidade subjetiva e discurso das mídias; de Maingueneau (2015), acerca de tecnologias discursivas; de Kieling (2009), sobre interatividade e tecnologia, entre outras teorias que envolvem o tema, ao se realizar uma pesquisa bibliográfica e se analisarem, qualitativamente, discursos contemporâneos com comentários de internautas. Como resultados, constata-se a importância de se observar a instantaneidade e a espontaneidade evocadas pelas instâncias emissoras-receptoras nas mídias, ao ser criado um novo tipo de intimidade pela interatividade: o fazer-parecer e, além disso, percebe-se uma legitimação das práticas sociais que atuam contra as minorias silenciadas. Conclui-se que há um posicionamento da coletividade marcado pela individualidade, sob o ponto de vista sociodiscursivo, nos comentários das postagens, com a perda de noção entre o coletivo e o individual, o que traz a não observância à equidade, às diferenças entre os seres sociais, solidificando uma noção incoerente de igualdade, por esta se conformar – sob o ponto de vista linguístico, sociocultural e etiológico – com as práticas sociais hegemônicas.


Palavras-chave


Comentários Online; Discurso Hegemônico; Racionalidade Subjetiva.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2238-3948

Faculdade de Tecnologia de Bauru